terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Tem sempre aquele dia que nada da certo. Que todos tão contra você. Que nada do que você fala/faz vale. Da uma vontade de sumir pra longe, só pra saber se um dos bilhões de habitantes do planeta terra, sente a sua falta. Tem dias que a carência aperta no peito e da aquela vontade de chorar. Eu falo carência, mais não aquela de beijar, de fica com alguém. Carência de alguém chegar pertinho do teu ouvido e dizer : eu te amo. Carência de um abraço bem forte e verdade. Carência de que alguém te entenda. Carência de chegar sms que te fazem chorar. Eu só queria que existisse só uma pessoa nesse mundo, pra acabar todas essas carências.

2 comentários: