sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Não que eu seja a garota mais diferente do mundo,
porque eu sei que não sou.
Uso calças jeans, me preocupo com a minha franja
e passo meu tempo falando besteira.
Mas lá no fundo , aqui dentro , eu sou diferente , eu sei que sou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário